1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer
Quinta, 26 Março 2015 10:10

Introdução à Saúde do Trabalho

São considerados trabalhadores todos os indivíduos, sejam homens ou mulheres, que exercem atividades para sustento próprio e/ou de seus dependentes, independente do seu enquadramento no mercado de trabalho, podendo ser de modo formal ou informal.


Compreendem-se neste grupo, todos os indivíduos que exerceram ou exercem atividade assalariada, trabalhadores autônomos, trabalhadores domésticos, rurais, públicos, cooperativados e empregadores como os proprietários de micro e pequenas unidades de produção. São incluídos neste grupo, também, indivíduos que exercem atividades não remuneradas, como os aprendizes e estagiários e trabalhadores afastados, provisória ou definitivamente, do mercado de trabalho em virtude de doença, aposentadoria ou desemprego.


O trabalho humano é, atualmente, a principal fonte de acidentes e doenças relacionados aos indivíduos. Devido à falta de informação ou negligência dos operadores sobre os riscos que envolvem suas atividades, problemas como lesões diversas devido a esforço repetitivo, surdez devido ao trabalho em ambiente ruidoso e contato com substâncias químicas que venham ocasionar intoxicação ou queimaduras são situações comuns de serem observadas. Além disso, somam-se a este panorama, inúmeras outras doenças, em sua maior parte causadas pelo trabalho e que muitas vezes são ignoradas como consequências do trabalho.


Para minimizar esse quadro, tenta-se desenvolver ações visando à elaboração e implementação de políticas voltadas à saúde do trabalhador, com o objetivo de diminuir e/ou eliminar adoecimento e morte dos trabalhadores em consequência das condições, dos processos e do próprio ambiente de trabalho, como também melhorias nos procedimentos de assistência à saúde dos trabalhadores. Isso inclui todos os trabalhadores, sejam de áreas urbanas ou rurais (com carteira assinada ou não), autônomos, funcionários públicos, desempregados ou aposentados.


Centenas de doenças atualmente catalogadas pelo Ministério da Saúde podem estar relacionadas às condições de trabalho.


A Saúde do Trabalhador representa uma área da Saúde Pública cujos principais objetivos são o estudo e a intervenção nas relações entre o trabalho e a saúde. Este setor busca promover e proteger o trabalhador por meio de ações permanentes que investigam os riscos presentes nos ambientes e condições de trabalho, assim como acidentes e doenças deles decorrentes. Para tratar os trabalhadores que desenvolveram doenças relacionadas ao trabalho, o sistema público de saúde procura desenvolver políticas como a prestação dos serviços assistenciais relacionados ao diagnóstico, tratamento, notificação e reabilitação de forma integrada e regionalizada no Sistema único de Saúde (SUS).

 

Fonte: PortalEducação

Go to Top